Leishmaniose ou Leishmaníase


Leishmaniose é uma zoonose (doença dos animais que pode se transmitir ao homem) que está relacionada à penetração do homem em focos silvestres e em áreas de expanção de fronteiras agrícolas.

No Brasil a confirmação dos primeiros casos de Leismaniose ocorreu no ano de 1909 quando Lindenberg encontrou o parasito em indivíduos que trabalhavam  em áreas de desmatamentos na construção de rodovia no interior de São Paulo. Inicialmente era considerada uma zoonose de animais silvestres que acometia ocasionalmente pessoas que tinham contato com a floresta, posteriormente a doença começou a ocorrer em zonas rurais já desmatadas e em regiões periurbanas. Em 1993 a Organização Mundial de Saúde, considerava as Leishmanioses como a 2º doença causada por protozóarios de importância em saúde pública.

A Leishmaniose é classificada em quatro síndromes:

Leishmaniose Tegumentar Americana

Leishmaniose Mucocutânea

Leishmaniose Visceral

Leishmaniose Visceral Americana.

Sendo que a Leishmaniose Visceral ocorre em todo território nacional e as demais estão restritas à região amazônica.