Agente Etiológico

  A Leismaniose é causada por protozóarios da Família Tripanosomatidae, Genêro Leismania - parasito intracelular obrigatório das células do sistema fagocítigo monuclear com duas formas pincipais, uma flagelada ou promastigota, encontrada no tubo digestivo do inseto vetor, e outra forma arredondada aflagelada ou Amastigota, observada nos tecidos dos hospedeiros.

Há diferentes subgenêros e espécies de leishmania:

*Leishmania (leshmania) chagasi - causadora da forma visceral, ocorre em todo território nacional. É conhecida como Calazar, Esplenomegalia Tropical e Febre Dundun

*Leishmania braziliensis - causadora da forma mucocutânea, ocorre do Sul do Pará ao Nordeste, no Centro-sul do país e em áreas da Amazônia Oriental, a infecção é mais contraída em áreas de terra firme. É tambem conhecida como espúndio.

*Leishmania amazonensis - causadora da forma tegumentar americana, está distribuída pelas floresta Amazônica (Amazonas, Pará, Rondônia e sudoeste do Maranhão) principalmente em áreas de igapó e de floresta tipo "várzea".

*Leishmania guyanensis - Também causadora da forma tegumentar americana, está aparentemente limitada ao norte da Bacia Amazônica (Amapá, Romaima, Amazonas e Pará) e estendendo-se pelas Guianas, é encontrada principalmente em florestas de terra firme - áreas que não se alagam no período de chuvas.

 A leismaniose Tegumentar Americana é também popularmente conhecida como: úlcera de bauru, nariz de tapir, botão do Oriente e ferida brava.

Leismania forma aflagelada ou amastigota

Leismania forma flagelada ou promastigota

Voltar